SIGESP

Home Concessões Públicas No Rio, Freixo lança carta para buscar apoio enquanto Castro exibe…

No Rio, Freixo lança carta para buscar apoio enquanto Castro exibe…

by Portal SIGESP

Os dois primeiros colocados nas pesquisas de intenção de voto ao governo do Rio, o governador Cláudio Castro (PL) e o deputado Marcelo Freixo (PSB), lançaram mão de cartas como estratégia de pré-campanha tanto para conquistar apoios quanto para demonstrá-los. Repetindo um gesto feito pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de 2002, Freixo lançou uma carta de “compromisso” ao povo fluminense com acenos ao setor privado. Já Castro vem divulgando cartas de apoios de prefeitos e vereadores mostrando a capilaridade política de sua candidatura em todas regiões do estado.

A elaboração do documento da pré-campanha de Freixo teve a consultoria do economista Arminio Fraga e do advogado Marcelo Trindade — dois dos principais interlocutores do pessebista com empresários e o mercado financeiro. O texto é mais um recurso do ex-filiado ao PSOL para se apresentar como um nome moderado e ampliar o eleitorado em grupos vistos como refratários a candidaturas de esquerda, como empresários, evangélicos e policiais.

No carta intitulada Compromisso pelo Rio de Janeiro, Freixo esboça propostas de segurança pública, educação e saúde e ainda lista temas caros ao eleitorado de centro e direita, como itens relacionados à liberdade econômica. “A revisão de políticas públicas será feita com respeito aos contratos, à propriedade privada e aos direitos dos indivíduos e das empresas”, diz Freixo no tópico sobre planejamento e o monitoramento de ações públicas.

Freixo afirma que a elaboração de seu programa será feito “por um grupo diverso” de pessoas para assegurar que o documento reflita “as visões que devem ser conciliadas neste momento decisivo para nosso estado”. Apesar de não integrar oficialmente a campanha, Arminio Fraga vem se reunindo desde o ano passado com o deputado para fazer a ponte com o empresariado e formuladores de políticas públicas. Ele defende que para combater o quadro de miséria do Rio é preciso uma ampla convergência de ideias e pessoas em torno de um projeto de recuperação do estado:

— Não acho que Freixo renegue o passado dele no PSOL. Vejo como um movimento pragmático, uma evolução nas ideias. Não tem como o estado, e o nosso em particular, em uma situação fiscal extremamente precária, fazer tudo. O estado precisa urgentemente aumentar seu nível de investimento, e a iniciativa privada, com sua eficiência, pode auxiliar através de concessões e parcerias feitas com supervisão estatal.

Carta de prefeitos

Enquanto Freixo busca fortalecer sua candidatura caminhando para o Centro, o governador Cláudio Castro vem divulgando cartas de apoios de prefeitos e vereadores mostrando a capilaridade política de sua candidatura em todas as regiões do estado. Na semana passada, 85 dos 92 prefeitos fluminenses assinaram um manifesto de apoio ao projeto de reeleição do atual chefe do Palácio Guanabara. No documento, os chefes dos Executivos municipais exaltam a capacidade de “diálogo” do candidato do PL e os recursos destinados às cidades para serem aplicados em investimentos.

“Agradeço imensamente o manifesto de apoio assinado hoje por 85 prefeitos de cidades do RJ e reafirmo que, enquanto eu for governador, as portas do governo estarão abertas para que tragam suas demandas”, publicou Castro em suas redes sociais na ocasião.

Também na semana passada, um grupo de 164 vereadores da Baixada Fluminense, berço político de seu pré-candidato a vice-governador, Washington Reis (MDB), assinaram um manifesto de apoio à sua chapa. Na carta, os parlamentares destacam as quedas nos índices de criminalidade do Estado do Rio na gestão de Castro e elogiaram a atuação do governo para a retomada da economia com o fim da pandemia da Covid-19.

Por meio das redes sociais, Reis agradeceu durante o fim de semana apoios que a chapa de Castro à reeleição tem recebido. Junto com o governador e o senador Romário (PL), candidato à reeleição, Reis participou de uma visita à Rocinha, comunidade na Zona Sul do Rio, e prometeu encontros com vários setores da sociedade para buscar sugestões e mostrar propostas.

“Nós vamos percorrer os 92 municípios do estado, promovendo debates e dialogando para que iniciativas concretas cheguem para transformar a vida de quem mais precisa”, publicou em uma de suas redes. “Deixo aqui meus sinceros agradecimentos para todos que nos acompanham”, completou.

Related Posts